Dupla é multada em R$ 2 mil por morte de onças-pardas em MS


Em Mato Grosso do Sul, dois homens foram multados em R$ 1 mil, cada um, pela morte de duas onças-pardas (Puma concolor) em Rio de Verde de Mato Grosso (MS), município que compreende áreas do Pantanal e Cerrado brasileiro. A dupla confessou o crime e levou policiais até onde havia deixado o corpo dos animais. 

Segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA), a corporação se dirigiu até a região do município conhecido como Serra da Alegria nesta quarta-feira (21), após ter recebido uma denúncia anônima que informava o abate dos felinos em uma fazenda. 

“No segundo dia de diligência, os policiais ambientais abordaram uma motocicleta conduzida por um dos autores e uma camionete Toyota Bandeirantes conduzida pelo segundo autor”, informa nota da PMA publicada nesta sexta-feira (23). 

A dupla foi presa na quinta-feira (22) pelo porte de ilegal de arma de fogo. Eles portavam dois revólveres municiados, sem documentação. À Polícia, os homens não apenas confessaram ter abatido as duas onças-pardas como também levaram os agentes até o local onde haviam deixado o corpo dos felinos. 

Segundo a PMA, a dupla disse que matou os felinos a mando do patrão, que teria tido bezerros abatidos pelos animais. Para a Polícia, muito mais onças podem ter sido mortas na região. 

Por este crime, os homens foram autuados em R$ 1 mil reais, cada. Segundo a PMA, a dupla responderá, segundo prevê a Lei de Crimes Ambientais, por matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente, ou em desacordo com a obtida, cuja pena é detenção de seis meses a um ano, além de multa.



Acesse o link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade