Melhores coisas para ver, comer e fazer no Porto, Portugal

Portugal foi fundado no século XII na cidade de porto então há muito para os aficionados por história aqui. A cidade velha está listada como patrimônio mundial da UNESCO. E a segunda maior cidade de Portugal também é uma meca para os amantes de calçados e artigos de couro, já que a famosa indústria de calçados do país remonta aos tempos medievais. Na verdade, a cidade está liderando o caminho na Europa para calçados e artigos de couro sustentáveis. No mês passado, os produtores assinaram o primeiro “Pacto Verde” uma iniciativa da entidade de classe do setor APICCAPS e centro de pesquisa de calçados, CTCP. As empresas que assinam o Pacto Verde prometem trabalhar de maneiras alternativas para atingir as metas das Nações Unidas e da Europa, de reduzir pela metade as emissões de carbono até 2030 e atingir emissões líquidas zero de carbono em 2050.

Hoje, o Porto é o irmão descontraído de Lisboa e um local que requer um pouco mais de trabalho para apreciar plenamente as suas muitas delícias. Com vista para o rio Douro com as suas famosas caves do Vinho do Porto, a cidade certamente tem todas as vistas e as ruas de paralelepípedos (muitas vezes muito montanhosas) e os belos edifícios de cerâmica são encantadores. Mas há muito mais para descobrir com um pouco de criatividade ou com a ajuda de um local amigável.

Onde ficar

Torel Vanguarda tem uma das melhores localizações da cidade. No cimo de uma colina com vista para os telhados e para o rio Douro, este elegante boutique hotel é também uma impressionante vitrine da arte portuguesa e projeto. Cada quarto do hotel tem o nome de um pintor, escritor, designer ou músico e decorado para refletir a personalidade e o trabalho do artista. Muitos dos 39 quartos e 21 suites têm varanda com vista para o rio.

A piscina infinita ao ar livre do hotel com vista para o rio é tentadora, embora não aquecida, mas há uma banheira de hidromassagem ao lado dela. Há também uma pequena piscina coberta, academia e sauna a vapor, além de um spa que oferece uma variedade de tratamentos, incluindo massagens e tratamentos faciais. Hóspedes e visitantes do hotel vão direto para o elegante restaurante aberto o dia todo Tenro de Digby para apreciar as vistas deslumbrantes. A oferta gastronómica é também uma grande atracção desde a cavala fumada, o polvo e o típico bacalhau ao ravióli de pato.

onde comer

Comece o seu dia com um dos famosos pastéis de nata de Portugal, pastéis de nata. Segundo moradores, Manteigaria, ao lado do mercado é um dos melhores para essas delícias. Vale a pena visitar o mercado em si. Mercado de Bolhão, em um prédio centenário, acaba de reabrir após extensas reformas. Vá lá para produtos artesanais tradicionais, incluindo comida portuguesa, como deliciosos queijos que podem ser selados a vácuo para os viajantes.

Cantina 32 é o bistrô descontraído do conhecido chef Luís Américo. A decoração é eclética: concreto, plantas, objetos e móveis vintage, assim como o cardápio. Os destaques incluem um prato de camarão e arroz de dar água na boca, croquetes de ovos de codorna e cheesecake servidos em um vaso de flores. E não perca aquele que pode ser o melhor bolo de todos: um bolo de chocolate denso e úmido que é um cruzamento entre fudge e bolo.

O jantar é sempre especial no Raiz, em uma casa geminada do século XIX com vários andares. Os ingredientes são sazonais, frescos e locais, com entregas diárias nos mercados do Porto. Os pratos incluem deliciosos bolinhos de bacalhau, ceviche de polvo e pão regional recheado, “Broa” com salmão fumado, lima e ervas aromáticas.

Da mesma forma, uma refeição no pequeno e charmoso Atrevo Restaurante é um verdadeiro deleite. Experimentação é o nome do jogo aqui, mas não de forma frívola. A chef Tania Durao trabalha sabores portugueses e estrangeiros e ingredientes orgânicos, de forma vanguardista, e todos os pratos são certeiros. Um menu recente incluía pescada, molho bouillabaisse e ovas de truta e amêijoas, ovo e coentros. Os menus de degustação são de oito pratos (65 euros) ou cinco pratos (45 euros).

Descendo uma das muitas charmosas ruas de paralelepípedos do Porto, Miss’Opo tem uma vibe de armazém distintamente boho com pratos incompatíveis e menus desenhados à mão. A cozinha é portuguesa moderna, com uma ementa que muda frequentemente, incluindo pratos como o arroz negro com polvo e tagliatelle com robalo.

Para almoçar junto ao rio, Pisca é uma encantadora casa de madeira caiada de branco que serve alguns dos melhores peixes e mariscos do Porto. Experimente a lula com aioli de limão e amêndoa ou o ceviche de salmão com manga. Almoço no centro da cidade Café Vogue, como o nome sugere, é um assunto chique. A colorida e arejada sala de jantar está ligada ao deslumbrante hotel Infante Sagres. Saladas, sanduíches e pescados do dia são todos habilmente preparados e apresentados. Para os vegetarianos, Especie Porto é um dos melhores da cidade. A couve-flor frita coreana é tão boa que certamente atrairá até os carnívoros mais fervorosos.

O que fazer

Para os amantes da arte contemporânea, o Serralves nos arredores da cidade, é imperdível. Os terrenos são lindos e um lugar adorável para fazer um piquenique e ver esculturas ao ar livre de artistas como o escultor sueco-americano Claes Oldenburg. Há também uma villa art déco rosa escuro e belas fontes. Dentro das principais galerias, espere a melhor arte portuguesa e internacional. Os shows atuais incluem a pintora portuguesa Paula Rego e a artista performática americana Cindy Sherman.

Os jardins do Palácio de Cristal, no centro do Porto, são outro belo local para desfrutar da natureza, com o bónus inesperado de vistas panorâmicas sobre o rio. O edifício original foi inspirado no Palácio de Cristal de Londres. Foi lançado em 1865 para sediar a Exposição Internacional, uma feira mundial. Eventualmente caindo em desuso, foi demolido em 1951, mas hoje os visitantes ainda podem desfrutar dos jardins.

Visite a famosa casa de sabonetes e fragrâncias, Claus Portoconhecida desde 1887 por seus sabonetes, colônias, velas perfumadas e produtos de beleza, embalados em rótulos e designs coloridos feitos à mão.

Lojas Sustentáveis: Sapatos, Vinil e Vintage

Dirija-se à Rua Miguel Bombarda para experimentar arte e design contemporâneos ou à Rua de Santa Catarina, a principal rua comercial do Porto. Você encontrará alguns dos famosos calçados do Porto aqui, além de lojas de segunda mão e vintage. Certifique-se de verificar as muitas empresas que oferecem opções sustentáveis.

Mais de 22 bilhões de pares de sapatos acabam em aterros sanitários anualmente, alguns dos quais são feitos com solas que duram 1.000 anos. Por isso é bom ver marcas portuguesas como Ambicioso, Belcinto e Sanjo usando métodos sustentáveis, como upcycling e reciclagem. lusquinos usa apenas componentes totalmente compostáveis; nada de plástico ou metal. E tênis reciclados tornam-se solas prontas para sapatos novos em bolflex, a única empresa na Europa e provavelmente no mundo, que tritura solas velhas para fazer novas. Cada nova sola contém 15-70% de sua borracha reciclada.

Geleia De Limão é uma marca de calçado vegan, aprovada pela PETA. Mais uma marca de calçado vegan, Zouriutiliza lixo plástico da costa portuguesa, aliado a materiais ecológicos e sustentáveis. Asportuguesas é a primeira marca mundial de chinelos de cortiça, utilizando esta matéria-prima 100% natural que é criada a partir de uma árvore e recuperada a cada nove anos sem que a árvore seja abatida.

Para um visitante ecologicamente consciente do Porto que procura comprar tênis ou uma bolsa dessas marcas, há muitas lojas excelentes na cidade ou experimente seus sites. A Sala dos Pés, em dois pisos encontra-se uma concept store chique com café, calçado e roupa de marcas portuguesas e internacionais. Sapatilhas e roupa das marcas sustentáveis ​​Sanjo, LOT – Labels of Tomorrow, bem como acessórios e artigos de design que vão desde malas a bijuterias, decoração de casa a artigos de papelaria e muito mais, estão todos aqui.

cru, coração de alecrim e SCAR-ID também todas têm excelentes opções de calçados sustentáveis. Humana Vintage é o endereço obrigatório da cidade para os amantes de roupas vintage. Este brechó oferece dois andares de felicidade retrô. Outras lojas vintage, mais caras, mas vale a pena conferir, incluem Arranca Corações e Correção. Os amantes do vinil vão gostar Tubitek uma loja de discos com um acervo criteriosamente selecionado de discos portugueses e internacionais, incluindo algumas joias raras. Matéria prima também possui discos, livros, revistas e zines.

Acesse a notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade