Por que assistir “Mistério em Paris”, filme da Netflix com Jennifer Aniston e Adam Sandler


A dupla dinâmica Jennifer Aniston e Adam Sandler voltam às telas como o casal de investigadores já visto “Mistério no Mediterrâneo” (2019). Dessa vez, os Spitz embarcam em uma missão na cidade luz em “Mistério em Paris”, que estreou na Netflix nesta sexta-feira (31).

Na trama, Nick e Audrey devem ajudar a restagar o amigo bilionário que foi sequestrado no próprio casamento.

A CNN viu o filme e destaca cinco motivos para você assistir a produção. Confira abaixo.

Elenco

A dupla protagonista por si só já vale o play. É a terceira vez que Aniston e Sandler trabalham juntos. O primeiro trabalho foi o sucesso “Esposa de Mentirinha” (2011) e o segundo em “Mistério no Mediterrâneo” (2019).

Além das duas estrelas, a trama traz ainda grandes nomes no elenco, como: Mélanie Laurent (“Bastardos Inglórios” e “Esquadrão 6”), Enrique Arce (“La Casa de Papel”), Jodie Turner-Smith (“Queen & Slim – Os Perseguidos”), Mark Strong (“Irmão de Espião” e “Kingsman: Serviço Secreto”) e Adeel Akhtar – que também está no primeiro filme.

Jodie Turner-Smith como Condessa, Enrique Arce como Francisco, Melanie Laurent como Claudette Joubert, John Kani como Coronel Ulenga e Kuhoo Verma como Saira em “Mistérios em Paris” / Foto: Scott Yamano/Netflix

Paris

Outro destaque da produção é a ambientação. As gravações foram feitas em Paris, na França, e no Havaí, nos Estados Unidos.

O longa começa em um local paradisíaco e depois parte para os encantos da capital francesa.

Um das principais cenas do filme foi filmado em um símbolo da capital francesa, o Arco de Triunfo. Mas também passa pela Torre Eifel e a ponte dos cadeados.

Escritor/Diretor Jeremy Garelick e Produtora Jennifer Aniston como Audrey Spitz no set de “Mistérios em Paris” / Foto: Scott Yamano/Netflix

Figurinos

Com um figurinho rico de detalhes, cores e estilos, as roupas não passam despercebidas em “Mistério em Paris”.

Com um casamento indiano na trama, a produção caprichou nos brilhos e acessórios, bem como nas estampas para os figurinos praianos.

Já nas cenas em Paris, figurinos sofisticados, como casacos de inverno, ganham destaque.

Zurin Villanueva como Imani, Melanie Laurent como Claudette Joubert e Jodie Turner-Smith como Condessa em “Mistérios em Paris” / foto: Scott Yamano/Netflix

Reviravolta

Como todo filme policial, há um mistério a se resolver. Algumas pistas são entregues rapidamente, as rotas mudam ao longo do filme e no fim, você pode se surpreender.

“Mistério em Paris” é assim. Quando o telespectador acha que descobriu o culpado, uma nova narrativa se inicia.

Diversão

Além do mistério, Jennifer Aniston e Adam Sandler entregam uma boa diversão sem compromisso.

Os atores, que ganharan fama em filmes de comédia, são uma dupla cômica em boa sintonia.

Eles repetem a fórmula que deu certo no primeiro filme e dão vida a dois investigadores atrapalhados, mas que acabam sendo responsáveis pela resolução do problema.

Jennifer Aniston como Audrey Spitz e Adam Sandler como Nick Spitz em “Mistérios em Paris” / Foto: Scott Yamano/Netflix


Acesse o link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade