Arte, ecologia e América Latina


Uma cartografia das iniciativas que articulam e refletem o urgente diálogo entre arte, ciência e ecologia na América Latina. Este é o mote do Eco-Lógicas Latinas, livro que reúne mais de uma dezena de perfis de artistas e projetos culturais dessa região do continente americano, e que será lançado presencialmente neste sábado (25) às 10h no Goethe-Institut, em São Paulo (SP). 

Organizado por Fernando Ticoulat e João Paulo Siqueira Lopes, da Act. Editora, a publicação trilíngue (PT-ES-EN) apresenta desde o trabalho “pós-apocalíptico” do artista argentino Adrián Villar Rojas, com instalações como Mi familia muerta (2009), até o projeto Botannica Tirannica (2022), exibido pela brasileira Giselle Beiguelman no Museu Judaico. 

Além desses, a obra ainda apresenta outros dez artistas e projetos, como: Ana Teresa Barboza (Peru), artes vivas (Paraguai), Camila Marambio (Chile), Elvira Espejo Ayca (Bolívia), Green Art Lab Alliance (Global), Maria Thereza Alves (Brasil), Museo del Hongo (Chile), Silo – Arte e Latitude Rural (Brasil), Uýra Sodoma (Brasil) e Vivian Suter (Argentina).

“Na atual circunstância, a dicotomia entre cultura e natureza é insuficiente para pensarmos as urgências do contemporâneo e, muito menos, alternativas para um futuro que não seja o esgotamento dos recursos da terra e o fim da vida como a conhecemos. Diante das distopias do porvir, a ação mais urgente é a imaginação, e, por isso, a importância de colocarmos em discussão as práticas artísticas que possam fabular e inspirar caminhos possíveis”, escreve Ticoulat no prefácio da obra.

E se de um lado apresenta ao leitor 12 artistas e projetos que refletem esse intercâmbio entre arte, ecologia e ciência, de outro o livro se encerra com a exposição Vitalidades, da curadora do Museu de Arte Moderno do Rio de Janeiro (MAM Rio) Beatriz Lemos, onde outros 16 artistas também questionam a ideia ocidentalizada de ecologia. “O que me interessava ali era compor uma narrativa a partir da ideia de expansão do significado de natureza-meio ambiente-ecologia”, afirma Lemos. 

Foto: Divulgação

Lançamento 

25 de março, sábado, das 10h às 12h30

Goethe-Institut: Rua Lisboa, 974 – Pinheiros, São Paulo (SP)



Acesse o link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade