Aprovada nova lei da proibição da caça à raposa na Escócia

Aprovada nova lei da proibição da caça à raposa na Escócia


A Escócia proibiu a caça à raposa em 2002. Em janeiro deste ano, foi aprovada uma nova lei que limita a caça com matilhas de cães.

O Projeto de Lei da Caça com Cães torna a lei mais clara e fecha lacunas que permitiam a prática de se matar mamíferos silvestres como raposas, coelhos e lebres com matilhas de cães.

Com a nova lei os caçadores não podem usar matilhas de cães para expulsar mamíferos selvagens, a menos que tenham uma licença.

A legislação anterior permitia que os cães expulsassem as raposas, desde que fossem baleadas, para proteger o gado ou pássaros que nidificavam no solo ou para evitar a propagação de doenças.

A perseguição e morte de um mamífero selvagem com um cão, por desporto ou de outra forma, não tem lugar na Escócia moderna”, afirmou a ministra do Ambiente, Mairi McAllan. “É ilegal há 20 anos, mas as deficiências na legislação anterior levavam a preocupações de que persistisse. Este projeto de lei procura fechar as lacunas, impedir que outras se abram e, finalmente, acabar com a caça ilegal com cães na Escócia”.

De acordo com o novo projeto de lei, continua a ser um crime perseguir e/ou matar um mamífero selvagem com um cão e agora não podem ser usados mais do que dois cães ​​para perseguir ou expulsar os animais, a não ser que seja concedida uma licença.

A nova lei já entrou em vigor.

Foto: Pixabay



Acesse o link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade