Busca

Mulher simula pedido de pizza para denunciar violência doméstica e é resgatada em TO; ouça o áudio

[ad_1]

Uma mulher vítima de violência doméstica conseguiu ser resgatada depois de simular um pedido de pizza pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O caso aconteceu em Araguaína, no norte de Tocantins, na madrugada do dia 19 de março deste ano, mas foi divulgado pela Prefeitura nesta semana.

Uma técnica auxiliar de regulação médica plantonista recebeu a ligação inusitada. Segundo a Prefeitura, devido ao histórico de muitos trotes recebidos pelo órgão, a atendente iniciou um protocolo próprio do Samu de prestar atenção no som de fundo da ligação para ajudar a identificar a situação.

Ouça o áudio no vídeo abaixo:

A técnica percebeu que a mulher que pedia a pizza estava falando com voz baixa. “Eu desconfiei e perguntei se ela precisava de ajuda. Ela disse que sim. Pedi o endereço e um ponto de referência, e disse que enviaria a pizza. Na mesma hora, entrei em contato com a Polícia Militar”, relatou a atendente, que não teve o nome divulgado.

Quando chegou no endereço informado, a polícia encontrou a mulher com várias marcas de agressões, configurando o crime de violência doméstica. As informações foram repassadas pela PM ao Samu.

A polícia prendeu o suspeito em flagrante por lesão corporal, ameaça e injúria.

Segundo a Polícia Civil, o juiz homologou o flagrante e concedeu a liberdade provisória, aplicando medidas cautelares diversas da prisão. Agora, caberá ao Ministério Público decidir sobre o oferecimento ou não de ação penal.

A técnica se mostrou contente com resultado: “Nossa missão é salvar vidas, então eu fico muito feliz em ter ajudado”. A situação vivenciada pela atendente passará a fazer parte dos treinamentos dos servidores do órgão.



[ad_2]

Acesse o link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *